ANUPAM

CATEGORIAS > DICAS DE VENDAS



Ética para boas relações, para mais negócios e para prosperar na carreira

A ética é um dos assuntos mais debatidos no momento atual. Diante de uma sociedade mais alerta e exigente com as questões morais, em meio a tantos problemas sociais, políticos e econômicos, agir com ética tornou-se fundamental para boas relações em todas as esferas. 

Houve um aumento da fiscalização e uma cobrança pelo comprometimento ético por parte da sociedade.  As empresas, organizações e autoridades estão mais compelidas a prestar contas e a justificar suas ações. O comportamento ético é hoje um valor estratégico de mercado, pressuposto básico para empresas crescerem e funcionários prosperarem na carreira. 

“O profissional com boa conduta ética conquista mais respeito, credibilidade, confiança e reconhecimento de seus superiores e de seus colegas”, afirma a Sociedade Brasileira de Coaching, em artigo institucional.  Ser ético é pré-requisito fundamental na contratação de novos profissionais, com avaliações nas entrevistas de emprego. É característica inata de novas lideranças e valor de destaque para quem quer prosperar profissionalmente. Ser ético é uma qualificação em alta no mercado de trabalho

Em uma sociedade de inversão de valores, o que significa ser ético?

Ética é, na filosofia, o estudo do conjunto de valores morais de um grupo ou indivíduo. A palavra "ética" vem do grego ethos e significa caráter, disposição, costume, hábito.

Podemos definir ética como um conjunto de valores e princípios que orientam o comportamento de um indivíduo dentro da sociedade. O professor, escritor e filósofo Mário Sérgio Cortella explica que “só se fala em ética porque homens e mulheres vivem em coletividade. Se eu fosse sozinho, não existiria a questão da ética. Afinal, ética é a regulação da conduta da vida coletiva”. 

Em uma sociedade de inversão de valores, ser ético torna-se um desafio ainda maior. Não basta apenas cobrar de governos e autoridades que sejam corretos, que ajam conforme a lei.  É preciso, antes de tudo, buscar dentro de si mesmo a mudança e  agir conforme se espera da sociedade. Pagar os impostos corretamente, respeitar filas e normas de trânsito são apenas alguns exemplos do dia a dia em que muitos ainda não têm constrangimentos em infringir.  Ainda segundo Cortella, “quando olhamos a ideia do “jeitinho brasileiro” como infração ética, ele é extremamente negativo, porque ele enfraquece as nossas instituições, a nossa vida coletiva e mais do que isso, ele quebra as nossas pontes para um futuro mais sólido”.

A ética está relacionada ao caráter, uma conduta genuinamente humana e enraizada, que vêm de dentro para fora. A ética direciona os princípios e valores de uma sociedade, para que ela possa prosperar com justiça, harmonia, integridade e cooperação.

E como identificar se um comportamento é ético ou não? Que tal seguir a dica do renomado filósofo alemão Immanuel Kant: “Tudo o que não puder contar como fez, não faça”. Pois se você não pode contar como fez, não há motivos para fazê-lo. 

Ética no mercado imobiliário

A ética no ramo imobiliário diz respeito à forma como os agentes ou corretores imobiliários interagem com os possíveis clientes, se relacionam com colegas de profissão e com as empresas para as quais prestam serviço.

O Código indica ao corretor como ele deve agir frente às mais diversas situações de seu dia a dia profissional. Informa ainda qual a postura deve ser assumida em atos e ações, levando em conta os valores éticos, a moral e os bons costumes. O Código deve ser consultado pelo corretor para nortear todas as atitudes.  

O presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis de SP, o CRECI SPJosé Augusto Viana Neto, condena a postura antiética de corretores: “O profissional que atua sem levar a ética em consideração está depondo contra toda a categoria. Infelizmente, há a tendência à generalização e todos os bons profissionais acabam sendo julgados da mesma forma”.

Princípios éticos do corretor ANUPAM

ANUPAM tem valores baseados nos princípios da ética, da transparência, do respeito e da confiança. Valorizamos nossa equipe, incentivamos o bom relacionamento entre os corretores e as boas práticas das negociações. Nossos corretores estão alinhados com nossos valores.

7 princípios éticos do corretor

- Não vender imóveis similares da concorrência;

- Ser fiel ao tipo de produto que vende;

- Não lucrar de forma desonesta recebendo comissões, sinais não autorizados e cobranças abusivas do cliente;

- Não desviar cliente de outro corretor de imóveis;

- Prezar pela transparência nas negociações – sem omitir de detalhes que possam ser de risco ao cliente;

- Não participar de negociações que envolvam processos ilegais;

- Possuir o devido registro para exercer a profissão;

Para a ANUPAM trabalhar de forma ética é pensar no bem comum. O profissional deve procurar a satisfação mútua de todas as partes. Agimos com bom senso, criatividade e profissionalismo. Construímos relações de confiança. O objetivo não é apenas vender imóveis. Construímos relações saudáveis. Ajudamos a transformar sonhos em realidade.

A moeda mais valiosa do nosso tempo é a consideração, hoje tão escassa como o ouro e os diamantes. Por isso seu grande valor. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Rua Groenlândia, 405 Jardim América, São Paulo - SP CEP 01434-000